Chamo-me Orlando Domingos Cololo Augusto, tenho 25 anos de idade e sou seminarista desta igreja.

Conheci a Igreja Messiânica no mês de Setembro de 2007 por intermédio da minha tia, membro desta igreja. Os motivos que me levaram a conhecer a igreja foram maus sonhos, doenças e conflitos.

Encaminhado ao Johrei Center do Maculusso, fui recebido pelo plantonista, que me ouviu atentamente e orientou-me o básico. Cumpri com as orientações e em menos de um mês tudo foi ultrapassado.

Como gratidão, fiz o donativo de outorga, tornando-me membro no mês de Dezembro de 2007.

A Experiência De Fé que passo a relatar para os irmãos está relacionada com a flor e a expansão das hortas caseiras.

Seguindo a orientação do Responsável de abrir uma Rede da Salvação no bairro 4 de Fevereiro, no dia 3 Abril fui até o bairro para então cumprirmos com a orientação recebida.

Fizemos oração em casa de uma irmã, que disponibilizou o seu quintal para começarmos a difusão da obra do Messias. Nesse dia, visitamos seis casas de membros, 15 casas de frequentadores, abrimos duas casas de primeira vez e distribuímos 128 flores.

É de realçar que neste bairro há os três maiores sofrimentos: doença, pobreza e conflitos. No dia seguinte, a senhora que é acompanhada por um dos nossos frequentadores, após ter recebido a flor de luz, à noite recebeu a graça de sonhar com o seu marido, que já havia morrido há mais de um ano e ela nunca tinha sonhado com ele. O marido, no sonho, disse a ela para colocar sempre flores em casa, pois aquela luz lhe fazia bem.

No dia seguinte, ela foi contar aos pastores da sua igreja e os mesmos foram até a casa do frequentador que cuida da senhora, e pediram explicação sobre a Igreja e sobre a flor. Depois pediram que também levassem flores em suas casas e que se não fosse incómodo, fizessem hortas caseiras. No dia seguinte, esse frequentador, candidato à próxima outorga, foi até a casa dos pastores e fez as hortas caseiras.

foto3No dia 23, em companhia do responsável, fomos checar a horta caseira que tivera sido feita em casa de um dos pastores. Além de confirmarmos, fizemos mais uma horta modelo junto com o frequentador e alguns membros. Graças a Deus, o seu irmão e mais de 20 membros da referida igreja pediram que se fizessem hortas em suas casas. Nesse mesmo dia, ministramos Johrei na mãe do pastor, que estava há quase dois meses sem comer, sem andar, sem falar, e quando comia lançava. Deixamos flor e fizemos limpeza.

Depois de tudo, as graças não se fizeram esperar.

A mãe do pastor se recuperou; ela, que nem andava nem comia, a encontramos a andar e a comer! O pastor agradeceu pela luz recebida através da Igreja Messiânica, pois ele pensava que a mãe iria morrer. Agradeceu pela visita feita pelos irmãos da nossa igreja e prometeu que iria à igreja em um dos cultos.

O irmão do pastor, que não dormia, depois da oração, limpeza, horta caseira e flor colocada em sua casa, começou a dormir sem problemas, e o barulho que ouvia no tecto desapareceu. Ele agradeceu, pediu que a igreja continuasse a fazer visita e oferecer flores. Ele também prometeu ir até a nossa igreja participar em um Culto.

Além disso, o secretário do bairro prometeu doar um terreno à nossa igreja naquele local.

Aprendi que realmente a flor abre caminho para entrar a luz do Messias, e a horta caseira mexe com o Mundo Espiritual e salva os antepassados presos a terra.

Meu compromisso é de abrir Redes da Salvação e núcleos de Johrei, e fazer 500 hortas caseiras, junto com os membros e frequentadores do Luena.

Agradeço a Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados por me mostrarem este caminho maravilhoso. Agradeço também ao responsável do Moxico e aos membros e frequentadores do bairro 4 de Fevereiro.

Aos Ministros, responsáveis, membros, frequentadores e a todos que me ouviram atentamente, o meu muito obrigado.

Moxico, Angola, aos 25 de Abril de 2015