Ensinamento do mês de Fevereiro de 2016

Volto a ventilar o assunto de que o homem foi criado para construir o Mundo Ideal planejado por Deus. E ele só trabalhará com saúde, sem desgraças, em ambiente satisfatório, se conseguir identificar-se com este objetivo Divino. Eis a Verdade Eterna.

O ser humano carrega não só as suas próprias máculas, como as de sua raiz familiar. Além disso, mesmo sem saber, ele absorve substâncias tóxicas, aumentando, inevitavelmente, o número de suas enfermidades. Ora, a existência de pessoas doentes e, conseqüentemente, inúteis para a Obra Divina, constitui um prejuízo para Deus. Por isso, é lógico que Ele deseje curá-las; nem precisaríamos preocupar-nos com o assunto. No entanto, os que ignoram esse aspecto, julgam que os remédios sejam o único recurso contra as doenças, e nada mais fazem que reprimi-las. Assim, desconhecendo a Lei de Identidade Espírito-Matéria, jamais poderão obter a cura integral.

Os males que decorrem da ignorância humana, não se restringem às questões de saúde. Todas as desgraças têm o mesmo caráter e destinam-se à purificação do homem. O processo purificador, no entanto, muda seu tipo de ação de acordo com a causa do mal.

Os pecados de furto, peculato, prejuízo ao próximo, luxo excessivo e outros, são redimidos com perda de dinheiro e de bens materiais. O farrista que esbanja a herança familiar está redimindo as máculas de seus pais e de seus Antepassados. O espírito de um Antepassado escolheu um descendente para que, por seu intermédio, se processe a purificação e a preservação do sangue da família, a fim de que ela venha a progredir no futuro. Nessas circunstâncias, não há conselho que surta efeito. Pode ocorrer o caso de dois irmãos com índoles diferentes ─ um é incorrigível e malvado; o outro é leal e honesto. Aparentemente, o primeiro é mau e desonra o nome da família. Mas, à luz da Verdade, purificando a família e eliminando as máculas dos Antepassados, sua missão assume maior importância que a do outro. Por essa razão, é dificílimo definir o bem e o mal usando critérios humanos.

Incêndios, roubos, falsidade, perdas na Bolsa, falências comerciais, apostas inúteis, gastos com doenças etc., são formas materiais de redenção de máculas também adquiridas materialmente. Portanto, embora possa fugir às sanções das leis humanas, ninguém escapa das leis eternas.

O pecado de enganar ou ludibriar os olhos humanos será redimido, consequentemente, pelos males da vista; aquele que se comete através da palavra, provocará doença dos ouvidos ou da língua; torturar a mente do próximo causará dores de cabeça; o uso dos braços apenas para benefício próprio será fonte de padecimento nos braços. A purificação ocorre de acordo com o princípio da concordância.

Também o ingresso na Fé produz sofrimento, e este será tanto mais profundo, quanto maior for a dedicação. O motivo é que Deus quer beneficiar a pessoa como recompensa pela sua dedicação, e para isso é necessário eliminar suas máculas espirituais, a fim de que ela possa receber Suas Graças. Suportando as purificações sem vacilar, a pessoa receberá benefícios inesperados. Entretanto, quem não possui firmeza de Fé, vacila nesses momentos decisivos.

Vou lhes falar de minha experiência sobre o assunto.

Durante vinte anos sofri em virtude de dívidas aparentemente insolúveis. Finalmente consegui saldá-las em 1941. Foi um alívio! No ano seguinte, começaram a chegar-me riquezas inesperadas, e assim me surpreendi com a profundidade da Vontade Divina.

É habitual ouvirmos comentários como este ─ “Fulano ficou rico após o incêndio”. Isso nada mais é que uma consequência da purificação. Podemos dizer o mesmo em relação ao incêndio de Atami. Se compararmos a atual cidade com o que ela era antes da catástrofe, veremos que a diferença é surpreendente.

Concluímos que, se os bons acontecimentos são apreciáveis, os maus também nos trazem benefícios, pois são purificadores, e que haverá verdadeira paz sempre que soubermos agradecer, tanto na saúde como na enfermidade. Mas isto se limita aos que têm Fé. Com os descrentes ocorre o contrário ─ o sofrimento gera o sofrimento, a ansiedade piora a situação, e tudo caminha para o abismo.

O segredo da felicidade humana consiste em aceitar esta verdade.

Meishu-Sama

Alicerce do Paraíso Vol. 3, pág. 11

2 de Dezembro de 1953

This post is also available in: Inglês