Chamo-me Adelaide Lemos Carlos, IMG_5385tenho 35 anos de idade, resido em Viana, bairro Mulevos de cima, sou membro e dedico como encarregada do Núcleo de Johrei Bairro VI.

Conheci a I.M.M.A em Janeiro de 1998, por intermédio da minha mãe membro dedicante da nossa igreja.

Os motivos que me levaram a ingressar na fé messiânica foram:

• Doenças,
• Conflitos familiares,
• Pobreza

Quanto a doença, sofri de constantes dores de cabeça, fraca capacidade de assimilação, aparecimento de borbulhas no nariz e fraqueza nas pernas. Tinha brigas constantes com meu irmão a ponto de sermos expulsos de casa. Minha mãe na tentativa de solucionar os meus problemas de saúde, levou-me a vários hospitais, mas sem solução.

Foi neste quadro de profundo sofrimento, que a minha mãe encaminhou-me a Igreja Messiânica, onde fui recebida pelo plantonista que após ouvir-me atentamente orientou o seguinte:

• Receber 10 Johrei por dia;
• Manter a flor de luz em casa;
• Fazer o Auto Exame da fé;
• Peregrinar aos locais de maior luz.
Cumpri as orientações com muitas dificuldades, porque não estava a entender nada relacionado a igreja, mesmo assim orientaram-me a experimentar, e em uma semana o milagre aconteceu em minha vida, todos os problemas passaram, razão pela qual tornei-me membro para melhor servir na Obra Divina.

A experiência de fé que passo a relatar para os senhores, esta relacionada com a materialização do donativo especial de construção do Templo Messiânico.

No mês de Fevereiro, recebi alguns valores do meu marido para solucionar os problemas dos filhos, mas pensando bem sobre a orientação de ligarmos a nossa família com o donativo de construção do Templo Messiânico com o objectivo de saldarmos as dívidas mais profundas, decidi tirar uma parte da respetiva quantia para este donativo.

É de salientar que tinha uma purificação há nove anos, que sentia muita fraqueza nos membros inferiores, que ficavam sem equilíbrio. Mas ao materializar o referido donativo, os pés inflamaram como nunca antes e apareceram bolhas de água que ao rebentarem deitavam muito pus, bem como coceira em todo corpo.

Fui orientada a materializar um donativo de gratidão pela purificação, e com o recebimento do Johrei em silêncio, tudo passou. Com a melhoria alcançada, assumi o compromisso de materializar um donativo especial de construção do Templo Messiânico mensalmente, foi então que no segundo mês após o donativo obtive o seguinte resultado:

Meu marido surpreendeu-me com um pedido de casamento, e ainda disse que precisamos frequentar o curso de noivos (já o fizemos), e estamos com o casamento marcado para o mês de setembro do corrente ano.

Ao materializar o terceiro donativo especial de construção do Templo, meu sogro ofereceu-nos uma residência.

Neste período meu marido tencionava ingressar na universidade, mas enfrentava dificuldade, mas com esta prática conseguiu ingressar na universidade, ganhou a permissão de praticar o dízimo e o donativo de construção. Assim sendo, no nosso lar, aumentou a harmonia, o companheirismo, a amizade e tudo ficou renovado.

Com esta experiência de fé, aprendi que a prática do donativo de gratidão eleva os antepassados 30 degraus de uma só vez, como resultado, os que estão sem moradia, ganham essa permissão.

Como gratidão, materializei um donativo especial.
Assumi o firme compromisso de participar na construção do Solo Sagrado de África.
Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados pela permissão de conhecer este maravilhoso caminho da salvação. Em especial a minha mãe, a minha eterna gratidão.

Luanda aos 13 de abril de 2017