Chamo-me Manuel Quaresma Pires Ribeiro, Untitledtenho 66 anos de idade e resido na rua João de Deus, São Tomé. Conheci a I.M.M.S.T.P no dia 11 de Setembro de 2005, por intermédio de uma membro, durante uma marcha dirigida no hospital.

 Na altura me encontrava-me hospitalizado com problema cardíaco que vinha sofrendo há mais de 3 anos. Esse problema de saúde me levou a enfrentar vários lugares de tratamento tais como hospitais, clínicas e casas de curandeiros, gastando muito dinheiro, mas a situação só piorava.

Certo dia, quando me encontrava hospitalizado, apareceram algumas pessoas da igreja, colocaram flor natural na cabeceira da minha cama e fizeram oração com a mão levantada, dirigida a mim, durante 15 minutos. Quando anoiteceu, eu que não dormia durante o tempo que estava internado, naquele dia dormi muito bem o que me despertou para procurar a igreja e receber a oração de milagre, depois que sai do hospital.

Como já tinham me orientado o endereço da igreja, procurei e consegui chegar. Fui muito bem-recebido pelo plantonista que me entrevistou, ministrou-me Johrei e me orientou a receber

  • 10 Johrei por dia,
  • colocar e manter a flor de luz em casa,
  • assistir aos cultos e outras tarefas.

Cumpri obedientemente as orientações sem vacilar e depois de 8 dias o problema que em infernizava passou até a data presente. Despertei no meu sentimento o forte desejo de tornar-me membro para também ministrar Johrei nas outras pessoas; Fiz o donativo de  primeira graça, de outorga e tornei-me membro do dia 29 de Janeiro de 2006.

A Experiência de fé que venho compartilhar com os senhores, está relacionada com o donativo de construção dirigida da Sede Central de Palmar.

Há 6 meses atrás, vinha sofrendo de diabetes, tensão arterial e problemas de inflamação na perna. A minha perna começou a inflamar despelava . Fui dedicando, assistindo os cultos, porém a situação se mantinha na mesma. Para piorar a situação um dos meus familiares em casa, começou a retirar-me dinheiro sem me aperceber.

Mediante essa situação recorri ao responsável da unidade, e este me orientou a receber Johrei intensivo e participar na construção da Sede Central de Palmar. Cumpri a orientação fazendo o donativo de construção dirigida à Sede Central. Depois de faze-lo surpreendentemente, senti o desejo de voltar a fazer mais uma vez. Em seguida senti uma imensa vontade de voltar a fazer, e assim se concretizou. Após ter feito esses três donativos consecutivos certo dia, durante o culto matinal comecei a sentir fraqueza, manifestação de tensão arterial e a perna começou a inchar. Ao regressar a casa, comecei a ser assistido pela minha esposa, e fiquei acamado durante 8 dias, sem poder calçar sapatos devido a perna que estava muito inchada.

Eu me conscientizei de que tudo que estava a acontecer era amor de Deus e permissão de ser salvo junto com os meus antepassados. Nessa fase de purificação, certa manhã, ao acordei com um dos olhos todo avermelhado, e os meus familiares tomando conhecimento da  situação, foram a minha residência em grupos orientando-me a ir ao hospital, caso contrario eu teria problemas.

Decidi ir à uma clínica, fui analisado pelo enfermeiro que disse que o meu problema era complexo e que poderia até ser submetido a uma cirurgia, mas orientou-me a lavar a perna com água fresca e fui fazendo isso com recebimento de Johrei diariamente. A situação foi melhorando. Os meus familiares sem terem a minha notícia decidiram voltar a minha casa para saber o meu estado de saúde. Quando lá chegaram, viram-me já em recuperação e um deles indagou: “Essa tua Igreja tem força

Aprendi que o donativo de construção leva a luz para os antepassados que se encontram no mundo espiritual.

O meu compromisso é de ministrar muito Johrei e continuar a fazer o donativo de construção para Sede Central de Palmar.

Agradeço ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama pela permissão de conhecer esse maravilhoso caminho da salvação junto com os meus antepassados.

Muito Obrigado.